*POR FABIO COLELLA

Curada a gripe, vamos com tudo porque domingo foi dia de finalizar o trabalho em grupo de análise quantitativa para entregar na segunda. Trabalho entregue, correção feita, primeira nota recebida, mas de outro trabalho e disciplina. Pam!, primeira pancada na cabeça. O trabalho em questão era de comportamento organizacional, já sabíamos da fama do nosso professor, mas não imaginávamos que a mão era tão pesada. Nota cinquenta em cem pontos possíveis, o grupo já começou a se desesperar, achar que já na primeira matéria íamos ficar lá embaixo, etc. Para tirar a dúvida, comecei a dar uma olhada em volta e o resultado foi ruim para todo mundo, ficamos exatamente na média da turma.

Catedral de Cádiz

Ferry para Cádiz

Terça-feira, sem aula, mas dia de trabalhar. Na segunda-feira seguinte tínhamos mais dois trabalhos para entregar e metade do grupo viajaria durante o feriado. Passei doze horas na escola fazendo a análise de indústria para o caso de empreendedorismo, mas fiquei feliz com o resultado e fui tranquilo viajar.

Agora a parte boa, fomos para Cádiz com o pessoal da sala da Tati, ficamos em um hotel acima das expectativas pelo preço que estávamos pagando e conseguimos curtir bastante a praia. A viagem para o sul da Espanha de trem é impressionante, paisagens completamente diferentes do que vemos no norte, quilômetros e quilômetros de oliveiras. Cidades com bastante influência árabe, além das típicas cidades mediterrâneas, casas todas brancas e não muito altas.

Desta vez tivemos sorte e o sol nos acompanhou todos os dias, além das praias que conhecemos, conseguimos visitar os pontos mais importantes de Cádiz, tais como a catedral e o antigo teatro romano. A fortaleza que protegia a cidade é monstruosa e muito bem conservada. Conhecemos também a cidade Puerto de Santa Maria, que é vizinha e onde nosso hotel ficava de verdade. Aproveitamos muito a viagem e o descanso, porque este foi o último até as férias de agosto, agora será só ralação.

Vista da torre – Catedral

O ponto alto da viagem foi fazermos caipiroska para todos que estavam lá, levamos nossa coqueteleira e preparamos a bebida para o pessoal degustar. Todo mundo adorou e agora querem que façamos mais aqui em Madrid. Teremos que marcar uma festa logo, senão teremos problemas!

Voltamos para Madrid no sábado, saímos para assistir a final da Copa dos Campeões da Europa e fomos dormir cedo, domingo era dia de voltar ao trabalho e finalizar dois projetos. O primeiro era para segunda-feira, o mais importante até o momento, valia cinquenta por cento da nota total e o outro para quarta. Vamos com tudo, estamos chegando aos momentos decisivos!

Esta semana termino o texto sem mandar abraços, ao invés disso peço a todos que enviem sorte para mim e para a Tati, vamos precisar… até a próxima

Deja un comentario

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

clear formSubmit